Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
11/09/2017 - 17:00 hs

Artigo: o Detox de alecrim

Entenda sobre o assunto em mais um artigo de Luciana Hipólito.

Por Saúde em Dia


Quem nunca ouviu falar em alecrim!? Uma erva maravilhosa utilizada no tempero de alimentos como carnes, arroz, saladas, entre outros. Neste artigo vamos falar de algo que poucos sabem, é de seu efeito detox!

Mas o que é detox? Detox é um termo utilizado para desintoxicação. O ambiente poluído, os alimentos como corantes, aditivos químicos, bebidas alcoólicas, entre outras são toxinas que prejudicam o organismo humano. Essas toxinas se acumulam nos tecidos do corpo, prejudicando sua funcionalidade normal.  Um dos problemas que essa intoxicação promove é o bloquei os sinais de saciedade. Além do ganho de peso e da dificuldade para perdê-lo, gera problemas de pele, inchaço, dor de cabeça, gases, intestino preso, memória ruim, e aumenta a probabilidade do surgimento de várias doenças.

A dieta detox esta cada vez mais na mesa dos brasileiros e o que poucos sabem é que o alecrim é um maravilhoso detox, alimento frequente nas principais refeições do dia-a-dia. A espécie Rosmarinus officinalis L., conhecida popularmente como alecrim, é originária da Região Mediterrânea e cultivada em quase todos os países de clima temperado de Portugal à Austrália que pode atingir até 1,5 m de altura (LORENZI, H.; MATOS,F., 2006).

Os benefícios do alecrim são muitos devida a sua composição química. De acordo com pesquisas realizadas entre 1996 e 2005, os quais os autores são: ARUOMA et al. 1996; BRUNETON, 2001; RIDER’S DIGEST, 2005; HOPIA,1996; HARAGUCHI, os compostos químicos encontrados no alecrim são: Terpenos que são formados por carbono e hidrogênio; Diterpenos: unidades que possuem 04 unidades de 5 carbonos. Triterpenos: substância com 06 unidades de 5 carbonos geralmente associados às gorduras existentes nos tecidos vegetais. Flavonóides; Luteolol; Diosmetol; Ácido cafeico: composto fenólico que pode agir como anti-oxidante e bloquear substâncias carcinogênicas. Ácido rosmarínico; 1-8 Cineol ou óxido terpênico: substância em maior quantidade no alecrim. Borneol; Canfeno; Geraniol; Rosmanol; α- Pineno.

Sua composição promove diversos benefícios um deles é a ação antioxidante no organismo que se deve em parte ao ácido rosmarínico, mas sobre tudo aos diterpênicos, cuja eficácia é superior a dos antioxidantes sintéticos utilizados na atualidade. (HARAGUCHI, 1995; ARUOMA et al.,1996). O nosso próprio organismo já faz um processo de desintoxicação, mas a quantidade de toxinas a que uma pessoa está exposta é muito maior do que a capacidade física de eliminá-las, por isso, a importância de consumir produtos antioxidante. Antes de decidir qual melhor detox, consulte um profissional da saúde da área nutricional e/ou fitoterapia. 

*Luciana Hipólito de Sousa Coêlho é graduada em Fisioterapia com Especialidade em Fisioterapia em Terapia Intensiva -UTI em Fortaleza pela Inspirar com atualização em cardiorespiratório e capacitação em fisioterapia funcional neurológica (estimulação precoce e neuro-infantil) e capacitação em fisioterapia em terapia intensiva e cárdio-respiratória neonatal, infantil, e adulto em Fortaleza. Contato: (86) 3221-9646 /99582-2020 / Atende no centro de saúde & estética São Ponciano

 





Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*